Plantão
Famosos

Demi Lovato: seis dias após overdose, cantora ainda está internada com febre alta e enjoo

Publicado dia 30/07/2018 às 22h22min
Segundo o TMZ, médicos esperam que ela se recupere totalmente, mas não têm previsão de quando ela será liberada.

Demi Lovato (Foto: REUTERS/Danny Moloshok)

Seis dias após sofrer uma overdose, Demi Lovato ainda está internada com febre alta, enjoo e outras complicações, disse o site TMZ nesta segunda-feira (30).

Ela está internada no Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles.

Os médicos esperam que ela se recupere totalmente, mas ainda não têm previsão de quando ela pode ser liberada do hospital, de acordo com o site.

 

Overdose

 

“Ela poderia ter morrido”, diz uma fonte do TMZ com conhecimentos em primeiros socorros. Segundo uma fonte próxima à cantora, o caso de overdose de Demi foi grave. A cantora estava inconsciente em sua cama quando o serviço de emergência chegou ao local.

Durante a ligação de amigos da cantora para o serviço de emergência, foi pedido para que as sirenes da ambulância fossem desligadas. Demi foi levada a um hospital e acordou horas depois.

Segundo o TMZ, Demi teria rejeitado ajuda de sua equipe, que sugeriu internação em clínica de reabilitação antes de sofrer a overdose.

 

Relembre o caso

 

Inicialmente, o TMZ relatou que Demi sofreu "o que parece ser uma overdose de heroína". Horas depois, o site afirmou que "uma fonte relacionada à cantora" diz que a causa não foi heroína, mas não especificou qual droga causou a internação.

Fontes da polícia disseram ao TMZ que ela foi encontrada inconsciente em sua casa em Hollywood e tratada com Narcan, uma substância usada contra overdoses de drogas opióides, como a heroína. De acordo com o site, ela tinha ido a uma festa de aniversário na segunda-feira à noite.

"Demi está acordada e com a família, que quer expressar sua gratidão a todos pelo amor, preces e apoio", diz o representante. "Algumas informações sendo reportadas estão incorretas e eles respeitosamente pedem por privacidade e não às especulações, já que sua saúde e sua recuperação são as coisas mais importantes agora."

Fonte: g1 brasil

Mais Populares

Fale Conosco


| |
webradiobrasilnatal@htomail.com