Plantão
Geral

Hábitos saudáveis, reeducação alimentar e disciplina são medidas essenciais

Publicado dia 04/02/2018 às 16h36min
Mudança de hábitos alimentares e de estilo de vida são comuns nos primeiros meses do ano; confira orientações de especialistas.

s quilos extras que atrapalham muita gente acima do peso vão muito além da questão física, fazem parte do bem-estar emocional e de saúde. No entanto, muitas vezes aqueles que querem emagrecer escolhem métodos indicados por algum conhecido ou que dizem ser milagroso.

Nos meses de início do ano, é comum querer mudar os hábitos alimentares e seguir um estilo de vida mais saudável. O assunto já foi abordado, inclusive, no post Mitos e verdades sobre o emagrecimento, no Blog Casal Fit no G1.

Maria Eduarda Ventura e Pedro Prata explicam que a escolha do tema foi para tentar ajudar as pessoas a perceberem que emagrecer pode ser mais simples do que elas imaginam.

"Em 2018, seguimos abordando o máximo de informação de qualidade sobre a área de saúde, alimentação e bem-estar, com ajuda dos nossos colaboradores, que são profissionais formados em diversas áreas que agregam e muito nosso blog, com muito conteúdo relevante e atual", disse Ventura.

Em entrevista ao G1, Maria Eduarda contou como foi o próprio processo de emagrecimento."Eu faço dieta desde que me conheço por gente. Já tomei remédio, shakes que prometiam emagrecimento rápido, tudo que me falavam que emagrecia eu tentava, mas sempre me frustrava. Foi quando decidimos mudar juntos e, com o tempo, fui mudando meu jeito de ver as coisas", afirmou.

"No início é realmente mais difícil, mas depois as coisas começam a fazer parte da sua rotina e tudo fica mais tranquilo. Emagreci 10 quilos e perdi 10% de gordura, mas fui aos poucos, porque dessa vez eu queria fazer dar certo e não queria desistir. Tive altos e baixos, fases mais magras e mais focada e fases que engordei um pouco, mas consegui mudar minha cabeça e o jeito de encarar as coisas", completou.

Para quem deseja emagrecer e quer dar o primeiro passo, a blogueira disse que é preciso procurar ajuda de profissionais que orientem em relação a dieta, alimentação e atividade física mais adequada, mas principalmente ter paciência e foco.

"Vejo muita gente fazendo dietas só para agradar outra pessoa ou porque está na moda. É preciso parar de se comparar com as modelos e atletas que vê na internet, parar de comparar sua vida com a de outras pessoas. Cada um é um e cada organismo reage de um jeito, por isso algumas pessoas terão mais facilidade para conseguir e outras não. Lembre-se que a grande maioria dos corpos que você vê e admira, as pessoas vivem em função daquilo e nós sabemos que na vida real isso geralmente não acontece", relatou.

 
Jovem juiz-forana emagreceu cerca de 35 kg com reeducação alimentar e exercícios (Foto: Tuanny Oliveira/Arquivo Pessoal)Jovem juiz-forana emagreceu cerca de 35 kg com reeducação alimentar e exercícios (Foto: Tuanny Oliveira/Arquivo Pessoal)

Jovem juiz-forana emagreceu cerca de 35 kg com reeducação alimentar e exercícios (Foto: Tuanny Oliveira/Arquivo Pessoal)

A juiz-forana Tuanny Oliveira, de 25 anos, está no processo de emagrecimento e já perdeu cerca de 35 quilos. Ela ainda pretende eliminar 20 quilos. A jovem contou que voltou com as dietas há seis e resolveu mudar o estilo de vida por não gostar do que via esteticamente e na saúde.

"É muito ruim olhar no espelho e não gostar do que vê, ou não estar bem consigo mesma. Fiz inúmeras dietas malucas, que não duravam um mês, até que comecei a ter consciência que eu não precisava ser radical e sai cortando tudo, mas sim viver em equilíbrio. Comecei a fazer caminhada, na época não tinha dinheiro para academia, diminui fritura, doces e farinha branca, mas também me permitia comer gordices de vez em quando", afirmou.

"Dezembro foi o mês das confraternizações, fui em todas e não me culpei por sair da dieta, apenas aproveitei o momento, e agora estou de volta. As pessoas precisam ter consciência que fazer uma reeducação alimentar não pode ser massacrante, tem que ter prazer, tem que fazer gostando de comer o que estar prescrito. A minha nutricionista faz muito isso comigo. Ela monta meu cardápio junto comigo, colocando aquilo que gosto de comer porque assim fica mais leve", disse.

Junto com a dieta, a jovem faz natação e crossfit para fortalecimento e enrijecimento, o que auxilia também no emagrecimento. "Meu namorado está cursando Educação Física e me ajuda muito na itensidade dos exercícios. Ele me fala sobre os métodos e me passa muito segurança", concluiu.

 
Os exercícios físicos diminuem em 20% a probabilidade de câncer, em 30% o risco de doenças cardíacas e em 50% a possibilidade de diabetes (Foto: Divulgação/Istock)Os exercícios físicos diminuem em 20% a probabilidade de câncer, em 30% o risco de doenças cardíacas e em 50% a possibilidade de diabetes (Foto: Divulgação/Istock)

Os exercícios físicos diminuem em 20% a probabilidade de câncer, em 30% o risco de doenças cardíacas e em 50% a possibilidade de diabetes (Foto: Divulgação/Istock)

 

Veja o que dizem os especialistas

 

A nutricionista, Flávia Nunes, explicou que o primeiro passo para emagrecer com qualidade de vida é o reconhecimento de que é necessário mudar os hábitos alimentares.

"Dietas que prometem perder peso com restrições calóricas e dietas rotuladas podem até fazer com que haja uma queda na balança, mas não necessariamente haverá emagrecimento. Após fazer esses tipos de dieta e voltar normalmente à rotina antiga, sem mudar os hábitos, provavelmente o peso também voltará e ficará um ciclo", afirmou.

A profissional destacou, também, que não existe apenas uma estratégia alimentar para a perda de peso. Para ela, o ideal é que a dieta seja individualizada, pois cada pessoa responde a uma estratégia de maneira diferente.

"A melhor forma sempre vai ser uma alimentação a base de comida de verdade, como legumes, carnes, ovos, queijos, frutas e castanhas. Essa alimentação é rica em fibras, proteínas, carboidratos e gorduras de boa qualidade, que irão proporcionar maior saciedade e, com isso, redução da fome e perda de peso", explicou.

Associar dieta a exercícios físicos costuma ser um caminho imbativel para quem quer emagrecer e ter mais saúde e melhores resultados estéticos. O preparador físico, Bruno Pascoalini, destacou a importância do acompanhamento profissional e explicou que é necessário ter paciência. "Ninguém emagrece ou fica forte de um dia para o outro. Este processo leva tempo e requer dedicação e continuidade", afirmou.

Quando questionado sobre quais exercícios são ideiais para a perda de gordura, ele apostou na musculação como grande aliada.

"Muito se falava de atividades aeróbias para o emagrecimento, porém a ciencia vem mostrando que exercícios de força, como a musculação e o Crossfit auxiliam muito no emagrecimento. A musculação é uma peça fundamental neste processo, não apenas no emagrecimento, mas também como prevenção de lesões que podem ocorrer no decorrer do treinamento", disse.

 

Confira considerações da nutricionista Flávia Nunes sobre emagrecimento:

 

 

  • Fonte: WRB NOTICIAS

Mais Populares

Fale Conosco


| |
webradiobrasilnatal@htomail.com