Plantão
Políciais

Vídeo: médica de UBS xinga pacientes na zona leste de SP

Publicado dia 07/04/2018 às 17h10min
Pacientes, com mais de 80 anos, ainda foram expulsos da consulta sem saber a quantidade que deveriam tomar do medicamento

Um vídeo postado nas redes sociais, na última quarta-feira (4), mostra médica da UBS Vila Granada, no bairro Vila Granada, na zona leste de São Paulo, destratando e xingando pacientes e acompanhantes durante uma consulta.

O vídeo foi publicado na página de  Monteiro Port, marido de Marcela, neta dos pacientes. Ela disse na publicação, com mais de 62 mil compartilhamentos, que sua avó e seu avô, ambos com mais de 80 anos de idade, foram desrespeitados e maltratados pela médica.

Segundo ela, sua avó já teria reclamado outras vezes das atitudes da mesma doutora.

No final da confusão, os pacientes ainda foram expulsos do consultório. O avô de Marcela saiu sem saber a quantidade que deve tomar de insulina para tratar a sua diabete.

No vídeo, a médica pergunta irritada para a senhora onde estaria a receita dos remédios. A neta da paciente diz indignada: "Olha que boazinha..."

A médica responde: "Eu não estou falando com você, retardada. Estou falando com a sua mãe [avó], você não disse que ela entende?"

 

A neta pergunta: "eu sou retardada? A senhora prova que eu sou retardada?"

A médica responde: "Ah, vai tomar no... Sai daqui, eu não estou aqui para isso!"

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) disse em nota que a médica foi desligada da UBS Vila Granada: "Assim que a CRS (Coordenadoria Regional de Saúde) tomou conhecimento da denúncia deu início, imediatamente, a uma apuração dos fatos para a tomada de medidas cabíveis. A funcionária já foi desligada do vínculo da Seconci junto à UBS Vila Granada."

A SMS completa: "A CRS Sudeste e Seconci [parceria que divide gerência da unidade da UBS] repudiam qualquer manifestação desrespeitosa e prezam pela qualidade no atendimento humanizado, com profissionalismo, cuidado, respeito e educação, sendo este um compromisso disseminado entre todos os funcionários, seguindo as diretrizes do Conselho Regional de Medicina (CRM)."

Fonte: WRB NOTICIAS

Mais Populares

Lançamento WRB Notícias

05 de fevereiro de 2018 |   96

Fale Conosco


| |
webradiobrasilnatal@htomail.com