Plantão
Políciais

Câmeras de segurança registram ação de suspeito de matar para roubar celular em Embu das Artes

Publicado dia 31/08/2018 às 12h40min
Vítima foi encontrada caído com um tiro na cabeça e morreu. O suspeito foi preso pela Guarda Municipal de Embu das Artes nesta quinta-feira (30).

Imagens de câmera de segurança ajudaram polícia a prender suspeito de matar jovem baleado na cabeça após ter celular roubado (Foto: Divulgação)

 

Imagens de câmeras de segurança ajudaram a polícia a prender o suspeito de ter atirado no estudante Leonardo Costa Matos, de 19 anos, na terça-feira (28) em Embu das Artes, na Grande São Paulo, para roubar o celular dele.

Leonardo foi encontrado caído com um tiro na cabeça e morreu. O suspeito foi preso pela Guarda Municipal de Embu das Artes nesta quinta-feira (30).

As câmeras registraram o estudante entrando na viela onde aconteceu o crime e, segundos depois, o assaltante. As câmeras não flagraram o assalto.

Com a descrição do suspeito, guardas civis de Embu conseguiram identificar e prender o acusado a poucos metros do local do crime, no bairro Jardim Santo Eduardo. O delegado Flavio Luiz Teixeira, responsável pelo inquérito, pediu a prisão temporária dele.

O suspeito foi encaminhado para o Distrito Policial Central de Embu e confessou o crime. Ele já tinha antecedentes e vai permanecer preso.

 
Imagens de câmera de segurança ajudaram polícia a prender suspeito de matar jovem baleado na cabeça após ter celular roubado (Foto: Divulgação)Imagens de câmera de segurança ajudaram polícia a prender suspeito de matar jovem baleado na cabeça após ter celular roubado (Foto: Divulgação)

Imagens de câmera de segurança ajudaram polícia a prender suspeito de matar jovem baleado na cabeça após ter celular roubado (Foto: Divulgação)

 

O caso

 

Leonardo ia para escola com a mochila nas costas e um fone de ouvidos por volta das 19h30. De acordo com testemunhas, ele passava por uma viela no Jardim Santo Eduardo quando houve um disparo. Ele foi encontrado caído com um tiro na cabeça.

O Samu chegou a ser acionado, mas o estudante não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo foi encaminhado ao IML de Taboão da Serra, também na Grande São Paulo.

No início deste mês ocorreram outros dois casos de jovens mortos por causa de celular na região metropolitana.

Fonte: g1 brasil

Mais Populares

Fale Conosco


| |
webradiobrasilnatal@htomail.com